Welcome!

Websphere Authors: Roger Strukhoff, Carmen Gonzalez, Ajay Budhraja, Mustafa Kapadia, Lori MacVittie

News Feed Item

Lenovo alcança um forte crescimento e atinge marcos no primeiro trimestre de 2014/15

O Grupo Lenovo informou hoje os resultados do primeiro trimestre fiscal concluído em 30 de junho de 2014, com receitas trimestrais de US$ 10,4 bilhões, um aumento de 18% ano-a-ano, enquanto a receita trimestral antes de impostos cresceu 22 por cento no ano-a-ano para US$ 264 milhões. Os lucros cresceram 23 por cento ano-a-ano para US$ 214 milhões, enquanto a empresa atingiu metas de participação de mercado e desempenho financeiro.

A Lenovo manteve sua terceira colocação no ranking em dispositivos inteligentes conectados, aumentando as vendas em 28 por cento ano-a-ano. Foi o maior fabricante mundial de PC por cinco trimestres consecutivos com a quota de mercado trimestral mais elevada que nunca, de 19,4 por cento* um aumento de 2,7 pontos ano-a-ano, impulsionado por grandes ganhos de participação em EMEA e nas Américas. As vendas de computadores pela Lenovo no primeiro trimestre subiram 15 por cento, totalizando 14,5 milhões de unidades, o 21º trimestre consecutivo em que a Lenovo supera a indústria como um todo. Em tablets, a Lenovo tornou-se o 3º maior fornecedor, com 2,3 milhões de dispositivos expedidos, um crescimento de 67 por cento, ou cerca de 8 vezes o ritmo deste mercado. Em smartphones, a Lenovo vendeu mais smartphones do que PCs pela primeira vez com o volume recorde de 15,8 milhões de unidades, um aumento de 39 por cento. Apesar da concorrência feroz na China, a Lenovo tornou-se o fornecedor de smartphones número 1 no país, com 13 milhões de celulares vendidos.

O lucro bruto da empresa no primeiro trimestre fiscal aumentou 13% em relação ao ano anterior para US$ 1,3 bilhão, com margem bruta de 13%. O lucro operacional do trimestre aumentou 40% ano-a-ano, totalizando US$ 283 milhões. Os ganhos básicos por ação no primeiro trimestre fiscal foram de 2,06 centavos de dólar, ou 15,97 centavos de HK (dólar de Hong Kong). As reservas líquidas de caixa em 30 de junho de 2014 totalizaram US$ 3,58 bilhões.

"Este tem sido um trimestre de marcos para a Lenovo - quota PC recorde, número três no ranking de tablets em todo o mundo pela primeira vez, e ainda mais forte, a quarta posição mundial em smartphones", disse Yuanqing Yang, presidente e CEO da Lenovo. "Enquanto a indústria de PC se recupera, o mercado de smartphones continua a sua mudança de premium para principal concorrente e nossas aquisições da Motorola Mobility e IBM x86 avançam em direção à conclusão, vemos ainda mais oportunidades para continuar crescendo rapidamente. A Lenovo continua a superar o mercado e satisfazer os nossos compromissos para melhorar a rentabilidade em nossos negócios principais, enquanto a construção de pilares fortes para o crescimento futuro em todo o nosso portfólio."

VISÃO GEOGRÁFICA GERAL

A Lenovo China registrou US$ 3,8 bilhões em receitas no primeiro trimestre fiscal, um aumento de 2% ano-a-ano, representando 36% das receitas da empresa no mundo. A Lenovo protegeu as receitas da China e as margens melhoraram lá em 0,3 pontos ano-a-ano até alcançar as margens operacionais de 5,5 por cento. Operacionalmente, reforçou sua liderança em PCs com 37,1% de participação. De acordo com a IDC, a Lenovo ultrapassou a Samsung para se tornar a maior fabricante de smartphones no país. Em dispositivos móveis, a Lenovo continuou a melhorar a rentabilidade com rotas ampliadas para o mercado e um maior foco em vendas pela Internet, de mercado aberto.

Na Europa/Oriente Médio/África (EMEA), a Lenovo teve um trimestre extremamente forte com o aumento das receitas de 49 por cento, ou US$ 921 milhões ano-a-ano para chegar a US$2,8 bilhões, ou 27 por cento da receita mundial da Lenovo no primeiro trimestre. A EMEA viu recordes de participação de PC e margem operacional, atingindo a posição número um em notebooks pela primeira vez e alcançando a primeira posição em 15 países da EMEA, enquanto as expedições de smartphones ultrapassaram 1 milhão de dispositivos pela primeira vez. Durante o trimestre, as vendas de PCs da Lenovo na EMEA aumentaram 4,8 pontos de participação ano-a-ano no trimestre para chegar ao mais alto de todos os tempos, de 18 por cento.

Na região da Ásia-Pacífico, a receita da Lenovo foi de US$ 270 milhões e totalizou US$ 1,6 bilhão no primeiro trimestre, ou 15% da receita mundial da empresa. A participação no mercado de PCs da Lenovo na Ásia-Pacífico cresceu quase dois pontos de participação ano-a-ano para chegar a 15 por cento. As expedições de smartphones na região foram de 1,5 milhões de unidades, um aumento de 3,7 vezes do mesmo período do ano anterior. Margem de lucro operacional na região foi de 4,1 por cento, drasticamente acima de 0,9 por cento um ano antes. Lenovo reforçou sua posição de número um no Japão, enquanto um melhor desempenho neste mercado levou a robustas melhorias de rentabilidade da região.

A receita nas Américas foi de US$ 2,2 bilhões no primeiro trimestre fiscal, um aumento de 19% em relação ao ano anterior, correspondendo a 22% da receita mundial da empresa. A margem de lucro operacional foi de 1,1 por cento, uma redução de 0,3 ponto em relação ao ano passado, quando a empresa continuou investindo na América Latina e no Brasil. A região Américas viu uma elevada quota de mercado PC recorde de 12,5 por cento, 23,7 por cento acima ou 3 pontos de participação de mercado ano-a-ano, bem como a participação recorde nos Estados Unidos, de 11,3 por cento, o que significa 1,5 pontos ano-a-ano .

VISÃO GERAL DO PRODUTO

Durante o primeiro trimestre fiscal, os computadores portáteis da Lenovo geraram 49 por cento da receita total da Lenovo. Em todo o setor, as expedições de laptops caíram 3,7 por cento ano-a-ano, uma melhoria em relação ao ano anterior, quando as quedas foram de cerca de 13 por cento ano-a-ano impulsionada pela atualização nas empresas e inovações na categoria. Ajudadas por esta tendências estabilizadora, as vendas consolidadas dos negócios de notebooks da Lenovo no mundo totalizaram no primeiro trimestre fiscal US$ 5,1 bilhões, um aumento de 12% ao ano. A empresa ganhou quase quatro pontos de participação e alcançou uma participação de mercado de 21%. Durante o primeiro trimestre, a Lenovo anunciou o ThinkPad 10, um tablet profissional de dez polegadas multimodo idealmente indicada para usuários de negócios, bem como os primeiros Chromebooks da empresa para consumidores, o N20 e N20p. Estes Chromebooks oferecem aos consumidores duas maneiras de aproveitar a experiência Chrome em uma forma fina e leve. A Lenovo também introduziu o laptop B50 para as pequenas empresas, e os laptops Z40 e Z50 para usuários mais focados em entretenimento.

A Lenovo assumiu a primeira posição em vendas de PC de mesa, que subiram 12,1 por cento ano-a-ano durante o primeiro trimestre fiscal, em comparação com um aumento geral do setor de 2,4 por cento. O aumento de 1,5 ponto de participação no ano-a-ano deu à Lenovo uma quota de mercado de desktop de 17,5 por cento. As vendas consolidadas dos PCs de mesa da Lenovo aumentaram 20 por cento ano-a-ano no primeiro trimestre para US$ 3,0 bilhões, ou 29 por cento da receita total de vendas da Lenovo. Durante o primeiro trimestre, a Lenovo introduziu vários novos PCs de mesa, começando com o desktop da Série A A540 AIO (all-in-one) desenvolvido para famílias e equipados com os mais recentes recursos de áudio e vídeo para desfrutar de conteúdo digital. A Lenovo também revelou sua recém-remodelada workstation básica ThinkStation P300, com uma flexibilidade incomparável, ideal para profissionais que precisam de um hardware de certificação de aplicações ISV a um preço razoável.

As vendas consolidadas dos produtos Mobile Device Business**da Lenovo, incluindo smartphones e tablets, aumentaram 32 por cento ano-a-ano durante o primeiro trimestre fiscal para US$ 1,6 bilhão, representando 15 por cento da receita total da empresa durante o trimestre. Na China, a Lenovo alcançou a posição número um em smartphones, e tornou-se a fabricante de tablets número 3 a nível mundial. Durante o trimestre, a Lenovo anunciou vários novos tablets Android série A, oferecendo configurações e tamanhos de tela para corresponder às necessidades dos consumidores, tanto para tablets ultra-portáteis e artistas multimídia. O portfólio inclui o TAB de sete polegadas A7-50, o TAB A8 de oito polegadas e o TAB A10 de dez polegadas, equipados com um teclado Bluetooth opcional.

A Lenovo continua a impulsionar a inovação em Smart Devices conectados, com um novo e empolgante smartphone, produtos empresariais e de ecossistema que chegarão na segunda metade de seu ano fiscal. A Lenovo está explorando novas oportunidades de crescimento centradas na Internet, conforme evidenciado no recente anúncio da plataforma de Desenvolvimento de Novos Negócios (NBD), onde a Lenovo está atraindo parceiros para impulsionar a inovação em novas categorias de hardware. Por fim, os esforços da Lenovo em ambas as transações de negócios Motorola Mobility e IBM servidores x86 permanecem em andamento e a empresa continua confiante em concluir ambas antes do final do ano.

* Veja os dados IDC do 2º trimestre de 2014, todos os dados de participação de mercado da IDC

** Anteriormente essas receitas foram informadas sob Mobile Internet e Digital Home (MIDH). A partir deste trimestre, será informado sob o título Dispositivo Móvel de Negócios.

SOBRE A LENOVO

A Lenovo (HKSE: 992) (ADR: LNVGY) é uma empresa de tecnologia pessoal avaliada em US$ 39 bilhões – a maior empresa de computadores do mundo, que atende clientes em mais de 160 países. Dedicados a produzir dispositivos de internet móvel e computadores excepcionalmente projetados, os negócios da Lenovo são criados a partir de inovação de produtos, uma cadeia global de suprimentos altamente eficiente e forte execução estratégica. Formada com a aquisição da antiga divisão de computadores pessoais da IBM pelo Grupo Lenovo, a empresa desenvolve, fabrica e comercializa serviços e produtos tecnológicos fáceis de usar, seguros, confiáveis e de alta qualidade. Suas linhas de produtos incluem os lendários computadores de consumo da marca Idea e os computadores comerciais da marca Think, além de servidores, estações de trabalho e uma família de dispositivos de internet móvel que inclui tablets e smartphones. A Lenovo, uma empresa mundial listada no ranking Fortune 500, possui importantes centros de pesquisa em Yamato, no Japão, em Pequim, Xangai e Shenzhen, na China, em São Paulo no Brasil, e em Raleigh, na Carolina do Norte, EUA. Para obter mais informações, acesse www.lenovo.com.

GRUPO LENOVO

RESUMO FINANCEIRO

Para o trimestre fiscal encerrado em 30 de junho de 2014

(em milhões de US$, exceto para dados de participação acionária)

     
 
Primeiro trimestre
14/15

Primeiro trimestre
13/14

Mudança em relação ao ano anterior
Receita 10.395   8.787   18 %
Lucro bruto 1.349   1.191   13 %
Margem de lucro bruto 13,0 % 13,6 % -0,6pts
Despesas operacionais (1.066 ) (989 ) 8 %
Relação Despesas/receita 10,3 % 11,3 % -1,0pts
Lucro operacional 283   202   40 %
Outras despesas/rendimentos não operacionais (19 ) 13   Não consta  
Receita bruta 264   215   22 %
Tributação (53 ) (45 ) 17 %
Lucro no período 211   170   24 %
Participação minoritária 3   4   -27 %
Lucro atribuível aos acionistas 214   174   23 %
EPS (centavos de dólar)
Básico
Diluído

2,06

2,03

 

1,67

1,65

 

0,39

0,38

 

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

@ThingsExpo Stories

SUNNYVALE, Calif., Oct. 20, 2014 /PRNewswire/ -- Spansion Inc. (NYSE: CODE), a global leader in embedded systems, today added 96 new products to the Spansion® FM4 Family of flexible microcontrollers (MCUs). Based on the ARM® Cortex®-M4F core, the new MCUs boast a 200 MHz operating frequency and support a diverse set of on-chip peripherals for enhanced human machine interfaces (HMIs) and machine-to-machine (M2M) communications. The rich set of periphera...

The Internet of Things (IoT) is making everything it touches smarter – smart devices, smart cars and smart cities. And lucky us, we’re just beginning to reap the benefits as we work toward a networked society. However, this technology-driven innovation is impacting more than just individuals. The IoT has an environmental impact as well, which brings us to the theme of this month’s #IoTuesday Twitter chat. The ability to remove inefficiencies through connected objects is driving change throughout every sector, including waste management. BigBelly Solar, located just outside of Boston, is trans...
SYS-CON Events announced today that Matrix.org has been named “Silver Sponsor” of Internet of @ThingsExpo, which will take place on November 4–6, 2014, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. Matrix is an ambitious new open standard for open, distributed, real-time communication over IP. It defines a new approach for interoperable Instant Messaging and VoIP based on pragmatic HTTP APIs and WebRTC, and provides open source reference implementations to showcase and bootstrap the new standard. Our focus is on simplicity, security, and supporting the fullest feature set.
Predicted by Gartner to add $1.9 trillion to the global economy by 2020, the Internet of Everything (IoE) is based on the idea that devices, systems and services will connect in simple, transparent ways, enabling seamless interactions among devices across brands and sectors. As this vision unfolds, it is clear that no single company can accomplish the level of interoperability required to support the horizontal aspects of the IoE. The AllSeen Alliance, announced in December 2013, was formed with the goal to advance IoE adoption and innovation in the connected home, healthcare, education, aut...
SYS-CON Events announced today that Red Hat, the world's leading provider of open source solutions, will exhibit at Internet of @ThingsExpo, which will take place on November 4–6, 2014, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA. Red Hat is the world's leading provider of open source software solutions, using a community-powered approach to reliable and high-performing cloud, Linux, middleware, storage and virtualization technologies. Red Hat also offers award-winning support, training, and consulting services. As the connective hub in a global network of enterprises, partners, a...
The only place to be June 9-11 is Cloud Expo & @ThingsExpo 2015 East at the Javits Center in New York City. Join us there as delegates from all over the world come to listen to and engage with speakers & sponsors from the leading Cloud Computing, IoT & Big Data companies. Cloud Expo & @ThingsExpo are the leading events covering the booming market of Cloud Computing, IoT & Big Data for the enterprise. Speakers from all over the world will be hand-picked for their ability to explore the economic strategies that utility/cloud computing provides. Whether public, private, or in a hybrid form, clo...
Software AG helps organizations transform into Digital Enterprises, so they can differentiate from competitors and better engage customers, partners and employees. Using the Software AG Suite, companies can close the gap between business and IT to create digital systems of differentiation that drive front-line agility. We offer four on-ramps to the Digital Enterprise: alignment through collaborative process analysis; transformation through portfolio management; agility through process automation and integration; and visibility through intelligent business operations and big data.
The Transparent Cloud-computing Consortium (abbreviation: T-Cloud Consortium) will conduct research activities into changes in the computing model as a result of collaboration between "device" and "cloud" and the creation of new value and markets through organic data processing High speed and high quality networks, and dramatic improvements in computer processing capabilities, have greatly changed the nature of applications and made the storing and processing of data on the network commonplace.
Be Among the First 100 to Attend & Receive a Smart Beacon. The Physical Web is an open web project within the Chrome team at Google. Scott Jenson leads a team that is working to leverage the scalability and openness of the web to talk to smart devices. The Physical Web uses bluetooth low energy beacons to broadcast an URL wirelessly using an open protocol. Nearby devices can find all URLs in the room, rank them and let the user pick one from a list. Each device is, in effect, a gateway to a web page. This unlocks entirely new use cases so devices can offer tiny bits of information or simple i...
The Internet of Things (IoT) is going to require a new way of thinking and of developing software for speed, security and innovation. This requires IT leaders to balance business as usual while anticipating for the next market and technology trends. Cloud provides the right IT asset portfolio to help today’s IT leaders manage the old and prepare for the new. Today the cloud conversation is evolving from private and public to hybrid. This session will provide use cases and insights to reinforce the value of the network in helping organizations to maximize their company’s cloud experience.
Things are being built upon cloud foundations to transform organizations. This CEO Power Panel at 15th Cloud Expo, moderated by Roger Strukhoff, Cloud Expo and @ThingsExpo conference chair, will address the big issues involving these technologies and, more important, the results they will achieve. How important are public, private, and hybrid cloud to the enterprise? How does one define Big Data? And how is the IoT tying all this together?
TechCrunch reported that "Berlin-based relayr, maker of the WunderBar, an Internet of Things (IoT) hardware dev kit which resembles a chunky chocolate bar, has closed a $2.3 million seed round, from unnamed U.S. and Switzerland-based investors. The startup had previously raised a €250,000 friend and family round, and had been on track to close a €500,000 seed earlier this year — but received a higher funding offer from a different set of investors, which is the $2.3M round it’s reporting."
The Industrial Internet revolution is now underway, enabled by connected machines and billions of devices that communicate and collaborate. The massive amounts of Big Data requiring real-time analysis is flooding legacy IT systems and giving way to cloud environments that can handle the unpredictable workloads. Yet many barriers remain until we can fully realize the opportunities and benefits from the convergence of machines and devices with Big Data and the cloud, including interoperability, data security and privacy.
All major researchers estimate there will be tens of billions devices - computers, smartphones, tablets, and sensors - connected to the Internet by 2020. This number will continue to grow at a rapid pace for the next several decades. Over the summer Gartner released its much anticipated annual Hype Cycle report and the big news is that Internet of Things has now replaced Big Data as the most hyped technology. Indeed, we're hearing more and more about this fascinating new technological paradigm. Every other IT news item seems to be about IoT and its implications on the future of digital busines...
Cultural, regulatory, environmental, political and economic (CREPE) conditions over the past decade are creating cross-industry solution spaces that require processes and technologies from both the Internet of Things (IoT), and Data Management and Analytics (DMA). These solution spaces are evolving into Sensor Analytics Ecosystems (SAE) that represent significant new opportunities for organizations of all types. Public Utilities throughout the world, providing electricity, natural gas and water, are pursuing SmartGrid initiatives that represent one of the more mature examples of SAE. We have s...
The Internet of Things needs an entirely new security model, or does it? Can we save some old and tested controls for the latest emerging and different technology environments? In his session at Internet of @ThingsExpo, Davi Ottenheimer, EMC Senior Director of Trust, will review hands-on lessons with IoT devices and reveal privacy options and a new risk balance you might not expect.
IoT is still a vague buzzword for many people. In his session at Internet of @ThingsExpo, Mike Kavis, Vice President & Principal Cloud Architect at Cloud Technology Partners, will discuss the business value of IoT that goes far beyond the general public's perception that IoT is all about wearables and home consumer services. The presentation will also discuss how IoT is perceived by investors and how venture capitalist access this space. Other topics to discuss are barriers to success, what is new, what is old, and what the future may hold.
Swiss innovators dizmo Inc. launches its ground-breaking software, which turns any digital surface into an immersive platform. The dizmo platform seamlessly connects digital and physical objects in the home and at the workplace. Dizmo breaks down traditional boundaries between device, operating systems, apps and software, transforming the way users work, play and live. It supports orchestration and collaboration in an unparalleled way enabling any data to instantaneously be accessed on any surface, anywhere and made interactive. Dizmo brings fantasies as seen in Sci-fi movies such as Iro...
There’s Big Data, then there’s really Big Data from the Internet of Things. IoT is evolving to include many data possibilities like new types of event, log and network data. The volumes are enormous, generating tens of billions of logs per day, which raise data challenges. Early IoT deployments are relying heavily on both the cloud and managed service providers to navigate these challenges. In her session at 6th Big Data Expo®, Hannah Smalltree, Director at Treasure Data, to discuss how IoT, Big Data and deployments are processing massive data volumes from wearables, utilities and other mach...
This Internet of Nouns trend is still in the early stages and many of our already connected gadgets do provide human benefits over the typical infotainment. Internet of Things or IoT. You know, where everyday objects have software, chips, and sensors to capture data and report back. Household items like refrigerators, toilets and thermostats along with clothing, cars and soon, the entire home will be connected. Many of these devices provide actionable data - or just fun entertainment - so people can make decisions about whatever is being monitored. It can also help save lives.